terça-feira, 1 de outubro de 2019

Catálogos de sementes de flora autóctone 2019-2020

Novo Catálogo Geral 2019-2020:  AQUI

Para quem semeia Outubro marca o início do ano e de um novo ciclo. É pois a altura indicada para publicar os nossos catálogos com as sementes que colhemos ao longo do último ano.

Este é o sétimo ano que o fazemos desde que aceitámos o desafio de acreditar que em Portugal, à semelhança do resto da Europa, haveria espaço para uma pequena empresa exclusivamente dedicada ás sementes da flora silvestre que ocorre em Portugal.

Na edição que hoje publicamos estão disponíveis sementes de 374 espécies. Face ao último catálogo de 2018, retirámos cerca de 30 espécies ( que pelas mais variadas razões não conseguimos colher) e adicionámos 11 novas espécies.

O catálogo não tem qualquer pretensão cientifica e organiza de forma simples as espécies pelos seus nomes científicos em categorias que são facilmente apreendidas pela maioria das pessoas que se interessam pela nossa flora. Está dividido nos seguintes capitulos:

Árvores - 44 espécies, tendo sido retirada uma- Pinus sylvestris,
Arbustos e sub-arbustos - 73 espécies - foram retiradas duas e voltámos a incluir a carqueja; 
Trepadeiras - 16 espécies - Adicionámos a última das madressilvas que nos faltava, a Lonicera implexa;
Herbáceas - 196 espécies - Saíram cerca de 30 espécies e adicionámos 7 novas: Polygonatum odoratum ( selo-de-salomão), Campanula rapunculus, Carthamus tinctorius e a Verbena Officinalis, mais interessantes do ponto de vista estético bem como duas que fazem parte da nossa etnobotânica: Saramagos e beldroegas.
Gramíneas - 24 espécies 
Alhos e bolbos - 21 espécies - Tendo sido adicionadas duas das espécies que para nós têm um enorme potencial ornamenta: Iris xiphium lusitanica e Gynandriris sisyrinchium.

A nossa missão, por peregrina que pareça a muitos, continua a ser a mesma: disponibilizar a todos os que o pretendam, sementes do maior número possível de espécies autóctones que ocorrem no nosso país. Germinar sementes é a melhor maneira de ter por perto as espécies silvestres que, seja qual for a razão que nos mover, quisermos ter por perto!

Terminamos por fim e como já vem sendo nosso hábito com duas referências da maior importância. A primeira, de agradecimento a todos aqueles que nos têm ajudado a trazer á luz do dia este projecto e que das mais variadas formas ajudaram a consolidar este catálogo geral. A segunda, de apelo ao feed-back que qualquer um considere relevante enviar-nos. Todos os comentários, sugestões e criticas, são bem vindos. E essenciais para nós!

Sem comentários:

Enviar um comentário