quinta-feira, 26 de janeiro de 2023

Testes de germinação

 


Um dos aspectos mais importantes a que procuramos dar atenção é a qualidade germinativa das sementes que disponibilizamos. O teste dos diferentes lotes colhidos em vários momentos ao longo do ano permitem-nos garantir não só a qualidade, mas também observar a sua durabilidade e experimentar diferentes métodos de germinação.




terça-feira, 22 de novembro de 2022

Expansão da Bio-Reserva Sra. da Alegria

 

Em vésperas do Dia Nacional da Floresta Autóctone, 23 de Novembro, data em que um pouco por todo o pais se assinalará a sua  importância com diversas iniciativas de plantação, partilhamos uma das iniciativas que, desde o seu início,  em Junho de 2019, mais tem contribuído no terreno e com trabalho de facto,  para a preservação dessa mesma floresta autóctone: A Bio-Reserva Sra. da Alegria em Almalaguês, arredores de Coimbra, criada e gerida pela MILVOZ - Associação de Proteção e Conservação da Natureza.

As Semente de Portugal são desde o primeiro momento Parceiro Oficial da Bio-Reserva, patrocinando dentro das suas possibilidades, as suas actividades e desenvolvimento.  Como referimos com frequência, as potencialidades da flora nativa em jardins e projectos de renaturalização com maior bio-diversidade são inúmeras. Mas quando tudo isso já existe, apurado ao longo dos tempos pela Natureza, disponível e em equilíbrio, a MELHOR E ÚNICA COISA A FAZER É....PRESERVAR.

E  é isso que a equipa da MIL VOZ tem feito, com provas dadas e  de forma transparente ao longo destes 3 anos. Visitar a reserva que hoje existe e o trabalho de conservação já efectuado, enche de orgulho qualquer pessoa que tenha participado na primeira campanha de angariação de fundos, provando que estavam mesmo certos quando decidiram financiar a sua criação.

Neste momento e até ao final do Ano esta a decorrer uma nova angariação de fundos para a expansão do núcleo original e que passará pela aquisição de mais 7 terrenos.

No seu site a MilVoz explica de forma detalhada o que pretende fazer com os donativos que lhe forem entregues e para nós este é possivelmente um dos investimentos mais seguros que qualquer cidadão pode fazer em matéria de conservação da nossa Floresta Autóctone! Mais informações de como contribuir AQUI!



segunda-feira, 24 de outubro de 2022

Sementes de Portugal: 9º Aniversário!


 As Sementes de Portugal assinalam hoje o seu 9º aniversário! 

A todos aqueles que são nossos parceiros e, sobretudo aos nossos clientes, que ajudaram a crescer aos nossos 9 anos, o nosso Muito Obrigado! Sem eles não seriam totalmente possíveis de verificar aquilo que em 2013 seria apenas uma ideia: que em Portugal também poderia existir uma pequena, autónoma e economicamente viável, especializada nas sementes das espécies emblemáticas da nossa flora! 

A verdade é que fazia todo o sentido e hoje, mais do que nunca, as espécies silvestres são, reconhecidamente, as mais adequadas nas mais diversas vertentes: em jardins mais resilientes, em bosques com maior biodiversidade e em projectos de renaturalização ou requalificação paisagística! 

Já no caminho do nosso 10º aniversário são algumas as novidades que temos vindo a preparar e que brevemente partilharemos convosco. A todos aqueles que nos seguem o nosso Obrigado!

Nota- Na imagem utilizámos sementes de espécies diferentes: Lírio fétido (Iris foetidissima); Folhado (Viburnum tinus); Sanguinho das sebes (Rhamnus alaternus); Roseira-brava (Rosa canina) e Aderno de folhas largas (Phillyrea latifolia).

quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Tempo de Semear





 No último dia de Verão de 2022, damos as boas vindas ao Outono, que chegará na próxima madrugada. Depois de um Tempo de Colher, que nos ocupou nos últimos 3 meses, chegou o tempo de Semear e de voltar à terra e ao Jardim! 

Um Tempo em que voltam a estar reunidas as condições ideais de luz, humidade e temperatura para que as sementes possam germinar e enraizar sem pressas.

Para nós, sem dúvida a estação mais importante, em que as sementes das espécies mais emblemáticas de nossa flora silvestre, colhidas ao longo do último ano, poderão por fim chegar a todos aqueles que as desejam germinar!

A todos os que nos seguem os votos de boas e promissoras sementeiras!

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

Um novo reinicio de ciclo: Primeiras chuvas

 


Depois de um longo período quente e seco,  as tão desejadas chuvas de hoje marcam o aproximar inquestionável do Outono. E com ele o reinicio de um ciclo, o de regressar à terra e voltar a semear!

Para nós, que estamos a ultimar as colheitas de Verão, as hastes floridas das cebolas-albarrãs (Urginea maritima),  são um dos sinais mais bonitos e fieis da chegada do que é sem dúvida uma segunda Primavera! A todos os que nos acompanham os votos de um bom e promissor novo ciclo!






terça-feira, 21 de junho de 2022

Tempo de colher


 Desde as 10h14 minutos de hoje dia 21,  que estamos oficialmente no Verão! A estação que muitas vezes associamos a férias e a tempo de descanso, será para nós a época de mais trabalho. Nos próximos meses  iremos dedicar a nossa energia a colher as sementes das espécies silvestres mais emblemáticas da nossa flora para que no próximo Outono novas sementes possam ser semeadas!

A todos os que nos seguem os votos de um bom Verão. Se não a Colher, a Descansar ou a Usufruir. E sobretudo a preparar o que se quererá Semear, daqui a cerca de 3 meses, no início do próximo ciclo!

sexta-feira, 13 de maio de 2022

Renaturalização de solos degradados - Projecto Life Ribermine - Minas do Lousal

 




Tão importante como a conservação e não destruição dos ecossistemas ainda existentes, a  recuperação de solos degradados e a sua urgente renaturalização é, provavelmente, um dos maiores desafios que  enfrentamos. O solo e o coberto vegetal são a base de todos os ecossistemas e sem eles a vida, tal como a conhecemos, simplesmente não existe.  

E se a destruição de solo é relativamente fácil - Infelizmente mesmo em Portugal ela acontece a todo o momento, com justificações perfeitamente triviais e de curto-prazo , a sua recuperação, além de difícil, implica um esforço significativo e requer conhecimento que nem sequer existe. 

Neste âmbito, a recuperação de antigas áreas mineiras, com extensas áreas de escombreiras, acumuladas ao longo de décadas, onde se alterou de forma muito significativa a estrutura do solo e com elevados níveis de acidez e consequentes implicações ao nível dos recursos hídricos, coloca problemas de dificuldade acrescida aos quais, mais cedo ou mais tarde, teremos de fazer frente.

O projecto Life Ribermine, um consorcio que integra instituições de Portugal e Espanha, com o foco na na "Recuperação de habitats fluviais de água doce através da restauração ecológica de minas geomórficas na Península Ibérica", tem precisamente esse objectivo - O de criar conhecimento numa área em que muito pouco ainda foi feito.

Do lado português, o Centro de Ciência Viva do Lousal - Grândola -, juntamente com investigadores da Universidade de Lisboa, dinamizaram com o coordenador (Governo de Castilla-La mancha) e os parceiros (Universidade Complutense de Madrid e equipas de outras universidades espanholas) dinamizaram ao longo dos últimos dois anos, o projeto piloto para a recuperação de  uma área de 1,5 Hectares no qual tivemos o privilégio de poder colaborar.

Os resultados alcançados com a sementeira de uma composição contendo cerca de 20 espécies pioneiras, entre gramíneas e herbáceas com flor, já são visíveis nesta Primavera dispensam muitas palavras. A fotos que partilhamos no inicio deste post falam por si. Numa área, em que pouco mais existia do que algumas espécies arbustivas, com elevados níveis de acidez e em que o solo nem sequer existia, é possivel hoje admirar um prado vibrante de cor e onde outras formas de vidas já se  instalaram.

Abaixo partilhamos algumas fotos cedidas pela Equipa do projecto e que ilustram bem todo o trabalho que foi necessário realizar: a preparação prévia da área, desde a sua limpeza até à sementeira realizada no final de Outubro de 2021,  passando pela modelação do terreno e enriquecimento prévio.

Mas se enquanto fornecedores das sementes utilizadas não poderíamos estar mais felizes por fazermos parte deste projecto pioneiro, enquanto cidadãos a nossa alegria ainda é muito maior e a nossa admiração vai toda para a equipa que teve a capacidade de por as mãos à obra, de correr muitos riscos e fazer pela primeira vez aquilo que nunca tinha sido feito em Portugal!

A todos eles os nossos Parabéns!